Band no SCAD Day

Alunos do Band interessados em em moda, cinema, animação e diversos outros campos das artes, participaram do SCAD Day, evento da Savannah College of Art and Design (SCAD), que deu um gostinho da vida de um aluno de uma das mais renomadas faculdades de Artes do mundo. O Colégio marcou presença de peso – mais de 30 alunos compuseram a metade do público do evento, que ocorreu no Hotel Renaissance.

unnamed (4)

Além de alunos e pais, também estiveram presentes o Coordenador de Artes, Filosofia e Sociologia, Régis Lima, os professores de Artes, Paula Ariane e Pedro Leão, e o professor de Linguagem Arquitetônica, Ivan Stancati.

unnamed (3)

Durante o evento, os alunos participaram de palestras, workshops de animação e design além de dinâmicas. Além disso, tiraram dúvidas com atuais estudantes da SCAD que deram dicas de como, por exemplo, montar um bom portfólio. Assim, foi possível conhecer a proposta da instituição que, com campus nos Estados Unidos, França e China, promove a formação de um profissional global.

unnamed (7)

“Foi muito bom! Eu pude conhecer mais sobre a SCAD que, na verdade, é a faculdade que eu quero estudar no futuro. Ouvir as experiências dos alunos foi ótimo para tirar minhas dúvidas sobre os cursos, moradia e o campus”, disse a aluna Mariana Boger, da 2.a série do Ensino Médio, que pretende estudar cinema.

unnamed (5)

A Sub-Coordenadora do Departamento Internacional, Deborah Pontual, conta que o Band tem um relacionamento de longa data com a SCAD e, apenas esse ano, foram três eventos em São Paulo que reforçaram esse laço, promovendo o contato entre os muitos alunos interessados em Artes e uma importante faculdade internacional.

unnamed (2)

“Houve um aumento nos últimos anos dos alunos interessados em Artes e isso se deve em grande parte ao aprimoramento do curso com aulas de, por exemplo, Linguagem Arquitetônica, Teatro e música, com o IBand”, concluiu o Coordenador Régis.

Conhecendo mais o MIT

Com o sonho de estudar no MIT (Massachusetts Institute of Technology), alunos do Ensino Fundamental e Médio participaram de evento com especialistas para saber mais sobre sua história – marcada pela excelência nas áreas de ciências, tecnologia e engenharia –  e suas possibilidades de estudo.

mit001

Oferecida pelo Departamento Internacional, a conversa contou com a Dra. Elaine Lizeo, Brazilian Chair – MIT Educational Council – e coordenadora do time brasileiro de entrevistadores de candidatos para a graduação do MIT, e Fernando Carvalho, que desde 2007 implementa um trabalho de divulgação no Brasil de oportunidades educacionais no programada de graduação do MIT.

mit002

Especialistas no assunto, Elaine e Fernando contaram sobre a missão da instituição, o perfil dos alunos, as cinco escolas presentes no Instituto (School of Engineering; School of Architecture and Urban Planning; School of Science; School of Humanities, Arts and Social Sciences; Sloan School of Management).  Também deram um gostinho da vida por lá, enfatizando a atmosfera de liberdade e política de portas abertas do MIT. Apesar disso, o tom de realidade marcou a conversa uma vez que é difícil entrar na instituição onde a média de brasileiros admitidos por ano é de apenas quatro.

“Consegui ver que muitas das minhas ideias se encaixam no MIT” comentou a aluna da 3.a série do Ensino Médio, Tathiana Tang. “Eu aprendi mais sobre o tipo de pessoa que entra no MIT e um pouco de como seria minha vida lá. Estimulou ainda mais meu interesse pelo instituto”, acrescentou João Shida, da 3.a série do Ensino Médio.

mit003

Além de tirar dúvidas dos alunos, os convidados também deram informações detalhadas do processo de aplicação e, a partir de suas experiências, contaram uma série de histórias de jovens brasileiros que estudaram nos Estados Unidos. “Na sua aplicação, faça um trabalho que realmente signifique algo para você”, disse Elaine durante a conversa. Ela ainda destaca a autonomia dos alunos do Band, característica em comum com os estudantes do instituto que sempre buscam fazer a diferença. “Aproveitem o processo de aplicação para as universidades americanas como uma reflexão sobre quem você é”, ressaltou Fernando.

mit004

Para inspirar ainda mais os estudantes, houve uma chamada online com dois brasileiros que se formaram no MIT. Clarissa Forneris, formada no Band em 2008, cursou Química e falou sobre sua trajetória desde a escola até o seu atual doutorado, realizado na Princeton University. A aluna destacou as oportunidades educacionais e de pesquisa presente no MIT. Além dela, Marco Antônio Lopes, formado em Computação e Engenharia Elétrica, também deu seu depoimento.

Para saber mais sobre a conversa, clique aqui.

Famílias dos alunos seniors que vão aplicar para fora participaram de conversa no Band

Foi pensando na importância da família na vida de alunos da 3.a série do Ensino Médio que pretendem aplicar para universidades fora do Brasil, que foi realizada uma conversa para esclarecer aos pais desses estudantes seniors como são as etapas da aplicação. O evento, realizado pelo coordenador do Departamento Internacional, Olavo Amorim, e pela Sub-Coordenadora do Departamento Internacional, Deborah Mason Pontual, contou com cerca de 60 pessoas.

olavo1

A principal ideia foi deixar os pais confortáveis com o processo que, muitas vezes, pode ser difícil e complexo. Assim, foi explicado como funciona a orientação do Colégio voltada para os alunos interessados em universidades estrangeiras, o que cada termo das aplicações significa e como será o cronograma. Principalmente, foram tiradas muitas dúvidas.

olavo2

“É muito importante que os pais estejam familiarizados para que todos sintam-se tranquilos com o que estamos fazendo aqui. A ajuda da família é essencial. A faculdade é um plano de vida e os pais podem ajudar os filhos a, por exemplo, entender o próprio perfil e escolher uma universidade adequada”, contou Deborah.

olavo3

Além disso, a conversa contou com a presença do aluno formado em 2013, Davi Lemos, que atualmente estuda Ciências da Computação na Yale University. Por ter passado pelo processo enquanto estudava no Band, Davi contou em primeira mão sobre sua experiência durante o processo de aplicação e também sobre sua vida na universidade.

Universidades internacionais no Band

Nove universidades americanas de prestígio estiveram no Band na última semana para tirar dúvidas de alunos interessados em estudar fora do Brasil e, principalmente, ajudá-los a fazer a escolha certa.

universidades_internacionais5

Foram quatro eventos que trouxeram as instituições Yale University, Princeton University, Columbia University, University of Chicago, Boston University, Brandeis University, George Washington University, University of Rochester e Southern Methodist University.

universidades_internacionais1

Os encontros trouxeram representantes das universidades para fazer uma apresentação, tirar dúvidas e, principalmente, oferecer uma oportunidade única para os alunos: conversar diretamente com aqueles que irão analisar suas aplicações. “Esse contato é um grande diferencial”, comentou Deborah Mason Pontual, sub-coordenadora do Departamento Internacional, que junto com o Coordenador do Departamento Internacional, José Olavo Amorim, acompanhou os representantes nos eventos. “Universidades como Yale, Princeton e Columbia não vão em muitas escolas. Estamos sempre em suas listas de prioridades porque aqui há tradição em estudar fora e grande engajamento por parte dos alunos”, concluiu ela.

universidades_internacionais2

Além disso, são em eventos como esses que os alunos podem se identificar com determinadas universidades e cursos, conhecer mais cada uma e decidir em qual deseja estudar.

universidades_internacionais6

“Acho que tão importante quanto escolher uma faculdade com prestígio é saber em qual ambiente você acha que se encaixaria melhor. E são com essas palestras que dá para ter uma noção melhor do estilo de cada uma e o que valorizam”, explicou o aluno da 3.a série do Ensino Médio, Adriano Adoni.

universidades_internacionais4

Já para Rafael Icó, da 1.a série do Ensino Médio, quanto mais cedo começar o envolvimento com os processos de aplicação, melhor. “É importante para mim ter noção da competitividade e concorrência para entrar nessas universidades e do que eu tenho que fazer para me preparar. Além disso, é interessante saber o que difere cada uma”, contou o aluno.

universidades_internacionais3

Até agora 90 universidades visitaram o Band este ano. Até o final do semestre, virão mais 40.

Diretor de admissões do MIT conhece o STEAM e profere palestra

Em primeira visita ao Colégio, o diretor de admissões do Massachusetts Institute of Technology (MIT), Michael Yang, proferiu uma palestra para cerca de 70 alunos do Ensino Médio e Fundamental e conheceu o STEAM.

mit_1

Yang conversou com alunos interessados em aplicar para o MIT e tirou uma série de dúvidas relacionadas ao processo de aplicação, ambiente do campus, provas e possibilidades de bolsas.

mit2“Depois da conversa me interessei bastante pela instituição e também me senti motivada porque muitos estereótipos em relação à dificuldade para ser aprovada no MIT foram desmistificados” disse a aluna Tathiana Tang, da 3.a série do Ensino Médio.

Além disso, no dia da visita, o representante do MIT chegou mais cedo e, acompanhado pelo Coordenador de Língua Inglesa e Assuntos Internacionais, Olavo de Amorim, e pela sub-coordenadora do Departamento Internacional, Deborah Mason Pontual, realizou um inesperado tour pelo Colégio. Nele, Michael Yang conheceu uma aula do STEAM onde foram apresentados a ele projetos dos alunos. O diretor se mostrou bastante interessado principalmente porque o STEAM compartilha com a ideia de laboratório maker, utilizada extensivamente pelo MIT.

“O Diretor Michael Yang conferiu a qualidade e seriedade, não apenas do Colégio, mas também do STEAM que representa um grande passo para o Band”, comentou Deborah Mason Pontual.

Mais de 25 alunos aprovados no exterior até o momento

Ser aprovado numa universidade no exterior não é um processo simples devido à características peculiares como exames de ACT ou SAT, notas do Colégio, engajamento em atividades extracurriculares, cartas de recomendação de professores e orientadores, “personal statement”, e possíveis entrevistas. Porém, os estudantes do Band contam com um departamento exclusivo para orientá-los e ajudá-los nessa trajetória; prova disso são os 26 alunos que foram aceitos em universidades estrangeiras em 2017, até o momento.

Bianca Martucci Rickheim (centro)

Bianca Martucci Rickheim (centro)

Para Bianca Martucci Rickheim, que cursará cinema na “Loyola Marymount University”, em Los Angeles (EUA), o processo de aplicação começou ainda no 1.o ano do Ensino Médio, quando decidiu que nos Estados Unidos poderia ter acesso à melhor educação na sua área. “Eu não fazia ideia de como era aplicar para universidades estrangeiras então comecei a pesquisar, ir a palestras e, com a ajuda da Coordenação de Língua Inglesa e Assuntos Internacionais, comecei a tomar as medidas necessárias. Foi um processo longo já que fiz provas, textos requeridos pelas universidades e cursos extracurriculares”.

international corner

International Corner

O esforço valeu a pena: Bianca foi aprovada em seis instituições internacionais. “O Band me ajudou muito no processo por conta das palestras oferecidas, feiras de universidades internacionais e também pelo apoio do Prof. Olavo Amorim que me acompanhou desde o primeiro momento até a aprovação”.

Já para Guilherme Canci Franco, o que o fez se interessar pela possibilidade de estudar fora foi a diversidade, qualidade e diferentes métodos de ensino. “No exterior é obrigatório que o aluno estude por dois anos e passe por várias áreas do conhecimento para que, depois do segundo ano, possa escolher o curso que mais lhe interessar. Na minha escolha pela ´Wake Forest University´ priorizei uma faculdade menor, com uma vida típica de campus, salas com média de 22 alunos e boa receptividade a alunos internacionais”.

Além disso, Guilherme destaca a forma como os alunos são selecionados no exterior. “Eles querem conhecer você, sua personalidade, suas habilidades, fraquezas e sonhos. Além disso, analisam o seu histórico escolar do Ensino Médio, atividades extracurriculares, conquistas na área acadêmica e cartas de recomendação de professores e orientadores”. Um exemplo de projeto extracurricular do Band que o ajudou no processo foi a criação do aplicativo Zika Mater, desenvolvido para auxiliar mulheres grávidas a se protegerem do vírus da zika. “Quis fazer algo que pudesse ajudar as pessoas, dessa forma, o aplicativo surgiu para auxiliar mulheres grávidas de classes sócias mais baixas que possuem acesso restrito a informações de qualidade”.

 

ADMISSÕES INTERNACIONAIS 2017

Alexia Finkelstein:
Babson College – Babson Park, MA

Ana Flávia Borges de Almeida Barreto:
Michigan State University – East Lansing, MI
Purdue University – West Laffayete, IN
University of Calgary – Calgary, AB, Canadá

Ana Clara Parga Nina:
University of Notre Dame – South Bend, IN

Ana Laura Leme Viegas:
University of Denver
Drew University
University or Redlands
Rollins College
Eckerd College
Lawrence University
Cornell College
University of Tampa

André Barros de Medeiros:
University of California San Diego – San Diego, CA

Bianca Ito:
San Diego State University – San Diego, CA

Bianca Martucci Rickheim:
University of Iowa- Iowa City, IA
School of Visual Arts- New York, NY
Loyola Marymount University- Los Angeles, CA
Eckerd College – St. Petersburg, FL
Fordham University- New York, NY
Ithaca College – Ithaca, NY

Daniel Meier Memran Schreier:
Hult International Business School – London, Reino Unido.
Seton Hall University, South Orange, NJ

Clara Cortez Cohen:
Universidade de Coimbra- Coimbra, Portugal

Enzo Bastos Profili:
Northwestern University – Evanston, IL
University of Michigan Ann-Arbor – Ann Arbor, MI
Purdue University – West Lafayette, IN
Georgia Institute of Technology – Atlanta, GA

Giovana Nunes da Cunha:
Northeastern University – Boston, MA
Boston University- Boston, MA
University of South California- Los Angeles, CA

Guilherme Canci Franco:
University of Colorado Boulder- Boulder, CO
Boston University- Boston, MA
Wake Forest University – Winston-Salem, NC

Henrique Martins Lima (ex-aluno 2015):
University os Pennsylvania – Philadelphia, PA

Kalel dos Santos Dias:
High Point University –  High Point, NC

Leonardo da Quinta Rodrigues:
Universidade do Porto- Porto, Portugal

Luca Bellucci Catena:

United Kingdom:
King´s Colllege- London, Reino Unido
University os Warwick – Coventry, Reino Unido
University of Exeter – Exeter, Reino Unido
University of Birmingham – Birmingham, Reino Unido
University of Surrey – Guildford, Reino Unido
Lancaster University – Lancaster, Reino Unido
St Andrews University – St. Andrews, Reino Unido

United States:
Tulane University – New Orleans, LA
Northwestern University – Evanston, IL
Fordham University – New York, NY
Washington University in St. Louis – St. Louis, MO

Lucas Yuji Umezaki Itto (ex aluno 2015):
Northeastern University – Boston, MA
Darthmouth College – South Bend, IN

Luisa Kiyoko Montanari:
Seton Hall University – South Orange, NJ

Luiz Eduardo Araripe Ramalho Leite Filho:
Purdue University – West Lafayette, IN
University of California in Los Angeles – Los Angeles, CA
Carnegie Mellon University- Pittsburgh, PA
Duke University – Durham, NC

Marcos Tianzi Wang:
St. Louis University – St. Louis, MO

Maria Paula Parga Nina
University of California San Diego

Matheus Alvarenga Sayão:
Eckerd College – St. Petersburg, FL
Ithaca College – Ithaca, NY
Loyola Marymount University- Los Angeles, CA

Michel Bader:
University of British Columbia – Vancouver, BC, Canadá
University of Waterloo – Waterloo, ON, Canadá
University of California Santa Barbara – Santa Barbara, CA

MinWoo Kang (Martino):
Vancouver Film School – Vancouver, BC, Canadá

Nicholas Salem (ex-aluno de 2015):
Boston University – Boston, MA
Fordham University – New York, NY
University of Rochester- Rochester, NY

Pedro Galvão Rocha:
Oregon State University –  Corvallis, OR

Ye Ming Qiun:
University of British Columbia – Vancouver, BC, Canadá

Mais de 50 universidades internacionais estiveram no Band este ano

A procura por universidades no exterior vem crescendo cada vez mais pelos estudantes do Band. Para auxiliar e guiar os alunos na intensa jornada pela aprovação internacional, o Colégio se dedica cada dia mais na realização de visitas de universidades estrangeiras. Em 2017, mais de 50 universidades estiveram no Band. Além de visitas individuais, contamos também com 3 grandes feiras e algumas visitas de pequenos grupos de universidades.

IMG_6308

“Essas visitas são essenciais para o processo de aplicação. É uma excelente oportunidade para os alunos aprenderem mais sobre os diferentes perfis de universidades, poderem tirar dúvidas e entenderem um pouco mais sobre como funciona o processo de aplicação para o exterior,” explica Deborah Mason Pontual, sub-coordenadora do Departamento Internacional,. Nomes  importantes como “Northwestern University”, “New York University”, “Vanderbilt University”, “Dartmouth College” e “Washington University in St. Louis” estiveram presentes. Tivemos visitas de universidades americanas, canadenses, européias e até uma sul africana.

IMG_6399

Para Deborah Mason Pontual é muito importante receber universidades estrangeiras no Bandeirantes.

IMG_1430

“Os representantes sempre elogiam o Colégio e o engajamento dos alunos, assim como se impressionam com o rigor acadêmico e a seriedade. Este é apenas um testemunho do trabalho e esforço do coordenador Prof. José Olavo de Amorim que se dedica aos assuntos internacionais há bastante tempo”, disse ela.

Coordenador José Olava e Debora Pontual

coordenador Prof. José Olavo e Deborah Pontual

Além disso, também foram realizadas duas reuniões com pais de alunos do primeiro e segundo ano para explicar como funciona o Departamento Internacional e esclarecer dúvidas sobre o processo de aplicação. Foram mais de 150 pais presentes nessas reuniões.

Departamento Internacional oferece atendimento personalizado

Frente a crescente demanda de serviços internacionais no mundo contemporâneo, o Bandeirantes passa a contar com toda a experiência de Deborah Mason Pontual.

deborah_001

Debbie atua no Departamento Internacional do Colégio, junto com o coordenador Prof. José Olavo de Amorim, como uma facilitadora na realização de aplicações para universidades no exterior e programas de verão, por exemplo.

“É extremamente importante que tenhamos uma pessoa única e exclusivamente dedicada aos alunos que desejam estudar no exterior, pois, dessa forma, todos recebem um atendimento mais personalizado e efetivo”, comentou o Prof. Olavo.

Formada com honras em 2005 no curso de Economia da “University of Chicago”, Debbie também realizou seu MBA pela “Wharton School na University of Pennsylvania” na área de finanças. Até 2014 atuou no mercado financeiro em Nova Iorque e São Paulo, quando decidiu atuar com educação na “Guided”, renomada Consultoria Educacional voltada para o Exterior.

“Tive meu primeiro contato com os alunos do Band quando eu apresentava palestras na empresa de Consultoria e, desde então, fiquei deslumbrada pelo calibre da criatividade, intelecto e seriedade deles ”, pontuou Debbie.

Por fim, a nova integrante do Departamento Internacional falou a respeito da mudança do mercado financeiro para o meio educacional. “Poder auxiliar alguém na realização de um sonho é algo muito gratificante. ”, disse.

A demanda por cursos no exterior continua a crescer. Debbie já fez mais de 20 reuniões com pais e alunos nas últimas duas semanas. “Muitas vezes os alunos acham impossível ter uma boa aceitação lá fora, mas não é. Ficar organizado durante o processo de aplicação, tendo um cronograma e entendendo todos os passos facilita muito. Quanto antes eles começarem a focar nisso, melhores serão os resultados ”, explicou Debbie.

Ela está disponível para atendimento todos os dias na sala B26 do Colégio.

Aluno é destaque em processo seletivo no Porto (Portugal)

Leonardo Rodrigues, aluno da turma de 2015, foi um dos onze brasileiros melhores colocados no processo seletivo da Faculdade para a Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) – Portugal.

leandro_rodrigues_01

Como recompensa ao seu esforço, ele ganhou um grande incentivo financeiro da Universidade.

Após a entrega dos certificados, Leonardo concedeu uma entrevista ao site da faculdade contando um pouco da sua experiência.

Confira a matéria na íntegra clicando aqui.

Band recebe o Vice-Cônsul dos EUA

O Bandeirantes recebeu o Vice-Cônsul dos EUA, Luiz Gonzalez, para um descontraído bate papo sobre o processo eleitoral para presidente dos Estados Unidos da América.

consul

Durante uma hora e meia, o Vice-Cônsul discorreu sobre a história norte-americana, curiosidades e fatos que muitos desconheciam sobre a maneira com que as eleições sucedem.

“Os alunos me surpreenderam positivamente. As respostas para as indagações do nosso convidado foram obtidas no ato”, comentou o Coordenador de Língua Inglesa e Assuntos Internacionais, José Olavo de Amorim.

Os estudantes, mais uma vez, tiveram a oportunidade de estabelecer contato direto com uma autoridade do corpo diplomático do exterior e praticar a conversação em Língua Inglesa.

“A experiência de participar de uma palestra sobre as eleições norte-americanas, com um representante do governo estadunidense, foi realmente única. Além disso, vale ressaltar que o processo eleitoral nos Estados Unidos é extremamente complexo, possuindo várias etapas e formalidades que são diferentes do que realizamos aqui no Brasil, então foi muito enriquecedor aprender como funciona esse sistema de uma das maiores democracias do mundo. ”, finalizou o aluno, Leonardo Racy.